Proventos e Dividendos: O que são e Por que Importam Muito

Dividendos e proventos: o que são e por que podem deixar você muito rico e feliz um dia.

Provento(s) é com certeza uma das palavras que eu mais amo na minha vida. Com certeza se alguma vez você leu algum texto relacionado a investimentos você já ouviu falar na palavra “provento” ou “dividendo”.

Nesse artigo irei explicar o que são “proventos” e “dividendos”, seu real significado, por que eu gosto tanto dessas palavras e por que você deveria se importar com isso.

O que são proventos e dividendos

Proventos são basicamente as formas que empresas de capital aberto na bolsa de valores, usam para remunerar seus acionistas (investidores), sendo que os dividendos e juros sobre capital próprio são a forma mais comum de remuneração.

Logo abaixo segue uma explicação mais detalhada sobre as principais formas de proventos e seu significado:

#Dividendos

Os dividendos são a forma mais comum de remuneração para seus acionistas. Sendo que o dividendo nada mais é do que uma parcela dos lucros de uma empresa que é distribuído para seus acionistas, não importando se você é um pequeno investidor com apenas R$500 investidos em determinada empresa, ou um magnata multimilionário.

Os dividendos são a parte mais importante e interessante para o investidor da bolsa de valores. Ao se investir em empresas sólidas e lucrativas que pagam dividendos constantemente, é possível fazer a “bola de neve” crescer e gerar enriquecimento no longo prazo.

De acordo com a lei n° 6.404/1976 no mínimo 25% do lucro apurado pelas empresas com capital aberto na bolsa de valores deve ser repassado a todos os seus acionistas. Porém em alguns casos bem específicos, mesmo a empresa tendo lucros, a distribuição de dividendos pode não ocorrer.

Porém não são todas empresas que distribuem dividendos, apenas as mas lucrativas e consolidadas tendem a distribuir generosos dividendos para seus acionistas.

#Juros sobre capital próprio

Os juros sobre capital próprio, são praticamente a mesma coisa do que dividendos, as únicas diferenças são o Imposto de Renda na fonte que é de 15% e algumas isenções fiscais para a empresa que distribui esse tipo de provento.

#Bonificações

Mais raro do que dividendos e juros sobre capital próprio, com alguma frequência, determinadas empresas às vezes fazem bonificações para seus acionistas.

As bonificações são distribuições gratuitas de novas ações aos acionistas da empresa. Essa bonificação ocorre mediante o aumento de capital da empresa, através da incorporação de lucros e reservas.

O único detalhe importante é que quando é feita essa bonificação, o valor da ação tende a cair na mesma proporção que é feita a incorporação de novas ações.

Quem tem direito a receber proventos e dividendos?

Todo e qualquer acionista de empresa listada na bolsa de valores. Não importa a quantidade de ações que você possuir: apenas 1 ação ou 1 milhão de ações.

Qual é a frequência de pagamentos dos dividendos e juros sobre capital próprio?

Varia de empresa para empresa, algumas poucas como Itaú e Bradesco distribuiem juros sobre capital mensalmente, sendo que no geral a maioria faz distribuições trimestrais e algumas outras a cada 6 meses ou 1 ano.

Por que você deve começar a investir em renda variável

O Brasil até há poucos anos era considerado o paraíso da renda fixa. Qualquer investimento muito simples como poupança ou CDB de banco médio pagava fácil mais de 8%, o que é considerado um valor muito bom no mundo dos investimentos.

Porque essas taxa de juros caiu tanto?

De um modo resumido, quando você investe seu dinheiro em algum CDB ou na poupança, os bancos usam esse dinheiro para investir em grande parte nos títulos do tesouro direto.

Para você que não sabe o que é tesouro direto, basicamente é um tipo de investimento onde se empresta dinheiro para o governo federal em troca de juros.

O que tem acontecido nos últimos anos é que a taxa básica de juros – a famosa Selic, teve uma queda drástica, caiu de mais de 14% ao ano para menos de 5%, atualmente está em apenas 2% ao ano.

Isso significa na prática que os ganhos ao se investir na poupança e na grande maioria dos investimentos tradicionais, simplesmente despencaram.

O “pior” de tudo isso, é que muito dificilmente veremos a taxa básica de juros em um patamar elevado como era antigamente.

Sendo assim, sua única opção é aprender a aplicar seu dinheiro em investimentos mais arriscados como ações, fundos imobiliários, Tesouro Direto (esse é muito seguro), BDRs, entre tantos outros.

Caso você não queira se arriscar, você obrigatoriamente vai ter que se ver ganhando no máximo 0.2% ao mês, na prática isso significa que com um capital de 100 mil reais atualmente você não vai ganhar mais que R$200 ao mês ao investir em renda fixa.

Felizmente existem ótimas oportunidades na bolsa de valores como por exemplo bons fundos imobiliários e ações pagando entre 4% até 10% ao ano. Não parece grande coisa mas esses dividendos tem o potencial de gerar uma bela renda passiva para seus investidores no longo do tempo.

Dividendos: Liberdade financeira e paz de espírito

Principalmente pela falta de conhecimento, a maioria dos iniciantes acham ridículo correr o risco de se investir em ações que são boas pagadores de dividendos para ganhar “míseros” 6% ao ano.

É bem comum ouvir comentários do tipo:

Ah, mas com 200 mil eu compro um terreno, construo 2 casas pequenas e ganho o triplo desse valor.

ou:

Investir 100 mil reais para ganhar apenas 600 reais por mês de dividendos? Eu conheço investimentos que pagam 5x mais que isso.

Mas vejamos, ninguém disse que você vai ficar rico investindo em uma estratégia focada em proventos e dividendos… Quem quer ficar rico “fácil” ou rápido deve tentar criar um negócio lucrativo (com muitos riscos) ou tentar a sorte e ganhar na loteria.

Dividendos podem enriquecer você na bolsa de valores, somente se:

  • Você tem muita paciência e pensa no longo prazo (10 anos para cima).
  • Investe todo mês.
  • Estuda e tem o hábito de ler.

Eu digo com uma boa dose de certeza: a era da renda fixa, com poupança e investimentos simples pagando taxas elevadas dificilmente vai voltar. Desse modo, não há outra opção a não ser se focar em gerar renda com dividendos e proventos.

E por que dividendos podem trazer liberdade e paz de espírito?

É comum na bolsa de valores, e principalmente nos EUA, boas empresas terem um dividendo de apenas 3 a 8% ao ano, porém com distribuições crescentes, ano após ano.

Um exemplo:

Imagine uma empresa sólida com a cotação de R$10 por ação, e que distribuiu $0.50 de dividendo no último ano. Essa ação hipotética lhe trouxe um retorno “pequeno” de 5% ao ano.

Mas o que acontece com empresas sólidas e lucrativas?

A tendência é os lucros aumentarem, assim como a distribuição de proventos.

Nesse exemplo teórico, a empresa pode ter distribuído $0.50 nesse ano e:

  • Aumentar para $0.55 no próximo ano.
  • E depois distribuir $0.60 no ano seguinte.
  • E $0.70 no outro ano.
  • E por aí vai.

Um dos melhores exemplos no mundo real é a Coca-Cola (KO).

No meio da década de 80, as ações estavam cotadas em apenas $1.50, essa empresa não distribuía quase nada de dividendos. Após alguns anos passou a distribuir cerca de $0.05 de dividendo por ação.

Nos anos 2000 sua cotação passou para excelentes +$20 (aumento de 1.000% em 20 anos), com um distribuição média de $0.30 de dividendos ao ano por ação. Atualmente a cotação está em cerca de $50 com um dividendo médio de $1.6 ao ano.

Coca-Cola: uma das melhores pagadoras de dividendos do planeta.

Se você leu com atenção os parágrafos acima deve ter entendido que um investidor que comprou e segurou suas ações da Coca-Cola na década de 80, teve um ganho de 10x apenas na cotação e mais um monte de dividendos que aumentariam em muito seus ganhos.

Como você pode perceber, a estratégia de investimento em dividendos e proventos, pode enriquecer muita gente, porém o ponto negativo é que esse processo é lento.

Não tem paciência para ficar rico depois de 20 longos anos?

Sua única possibilidade é criando um negócio lucrativo e aumentando seus aportes, para acelerar todo o processo.

Um tipo de negócio que é altamente lucrativo e fácil de começar é um blog, como este que você está lendo agora. Aqui vai um tutorial para criar um blog de sucesso.

Sobre a resposta da pergunta inicial…

Os dividendos podem trazer liberdade e paz interior, simplesmente porque o investidor paciente que acumulou ativos pagadores de dividendos, pode ganhar dinheiro com o mínimo de preocupação, ou seja, dinheiro sobrando para pagar todas suas contas e até mesmo viajar.

Você reclama das altas taxas de manutenção do seu banco?

Compre ações de bancos e ganhe dinheiro sendo um acionista ao invés de devedor.

Como falei antes, é muito provável que talvez jamais voltaremos a ver uma taxa básica de juros muito alta, sendo assim os sagrados dividendos, podem ser sua única forma de ganhar “juros” para pagar suas contas.

Outro fato importante a se dizer é sobre o período que se leva para acumular um grande patrimônio com proventos e dividendos, com foi dito anteriormente, é muito improvável que alguém consiga enriquecer facilmente e rapidamente na bolsa de valores.

Porém, pensando na sua aposentadoria, boas ações pagadoras de dividendos e proventos, são uma das melhores alternativas para chegar na terceira idade com uma bela renda extra todos os meses que pode até mesmo substituir sua aposentadoria do INSS.

Exemplos de algumas das melhores pagadoras de dividendos

Atualmente existem mais de 350 empresas listadas na bolsa de valores, infelizmente existem poucas ações que são conhecidas por serem boas pagadoras de dividendos.

Muito provavelmente devem existir menos de 30 ações atualmente com um excelente histórico de pagamento de dividendos aqui no Brasil.

Cabe a você investir seu tempo para descobrir quais ações são as melhores para seu perfil de investidor.

Segue abaixo uma lista com algumas das melhores ações que pagam dividendos consistentemente:

  • Banco Itaú
  • Bradesco
  • Banco do Brasil
  • Banco do Brasil Seguridade
  • Itaúsa
  • Taesa
  • Transmissão Paulista de Energia
  • Sanepar
  • Sabespe
  • Energias do Brasil
  • Engie
  • Banco ABC
  • Ambev
  • Vale
  • Vivo Telefônica
  • Etc…

Perceba que existem setores perenes, onde mesmo com crises políticas, pandemias, impeachment ou outras “catástrofes”, continuam pagando bons dividendos e proventos, independente da crise que for:

  • Setor bancário
  • Seguradoras
  • Água e Saneamento
  • Energia elétrica
  • Alimentação
  • Telecomunicação
  • Mineração
  • Etc.

Esses são setores essenciais para a sociedade, são aqueles tipos de empresa onde não se vive sem os serviços prestadas pelas mesmas.

Outras dicas para lucrar com dividendos

Existem algumas estratégias simples, mas que fazem toda a diferença para os investidores que querem ter lucros elevados com uma estratégia focada em dividendos e proventos:

#Nunca coloque todos os ovos na mesma cesta (diversifique)

A primeira regra no mundo dos investimentos é não perder dinheiro. Parece uma coisa estúpida, mas é algo bem lógico e elementar que a maioria dos iniciantes da bolsa de valores esquecem.

E como evitar perder dinheiro com uma estratégia de investimento em empresas que pagam dividendos?

Primeiro é evitar empresas ruins (isso é bem lógico), a segunda dica é diversificar.

E com fazer uma boa diversificação?

Diversificando seus investimentos em várias empresas de setores diferentes.

Uma boa ideia é diversificar seus investimentos em 6 a 15 ações de empresas de diferentes setores.

Uma ou duas empresas com baixo desempenho irão gerar um impacto baixo, se você tiver outras 10 em sua carteira de investimentos com um desempenho bom ou regular.

#Siga a estratégia de “Buy and hold”

Buy and hold é uma estratégia simples, chata mas que funciona muito bem e consiste em comprar e manter suas ações por o máximo de tempo possível enquanto as mesmas forem lucrativas e tiverem bons fundamentos.

#Tenha paciência

A não ser que você tenha muito dinheiro para investir, irá levar alguns anos de aportes mensais em boas pagadoras de dividendos para você começar a colher os frutos de sua estratégia de investimentos.

E é nesse ponto que infelizmente muitas pessoas abandonam a bolsa de valores acreditando que não vale a pena ou que ações é algo muito arriscado.

#Estude e leia bons livros

Há muitos livros bons sobre investimentos na bolsa de valores, mesmo livros de décadas atrás ainda tem grande valor com ensinamentos que são totalmente válidos.

Conhecimento é poder, e é fundamental ler e adquirir conhecimento para ter sucesso em uma estratégia de investimento em dividendos.

Considerações Finais

No mundo todo, apenas países com economias destruídas ainda possuem uma taxa básica de juros elevadas, são países como Argentina ou outros países pobres localizados na África ou Ásia.

Ao mesmo tempo que esses países tem uma taxa básica de juros elevada, sua inflação também é alta. A não ser que os próximos governos sigam uma política econômica desastrosa e também dependendo de outros fatores, é bem provável que uma taxa alta de juros não volte no nosso país.

No momento que esse texto foi publicado (2020), a taxa Selic é de apenas 2%, o que na prática simplesmente força o investidor a buscar alternativas mais rentáveis que poupança ou CDBs.

Sendo assim quem procura alternativas seguras e lucrativas, deve investir seu tempo, dinheiro e estudo nas melhores pagadores de dividendos.