Os Maiores Arrependimentos Antes de Morrer (Para Evitar)

Descubra os maiores arrependimentos que você deve evitar para ser feliz.

Diz a lenda que a vida é feita de escolhas e que colhemos o que plantamos.

Felizmente não sou velho (tenho 29 anos) e ao longo da minha mera existência posso garantir que a afirmação acima é 100% verdadeira.

Outra verdade universal que não é muito feliz são os arrependimentos que todos nós carregamos em nossas vidas.

Querendo ou não todos nós fizemos e iremos cometer erros que irão nos gerar arrependimentos mais cedo ou mais tarde.

E como toda ação possui uma reação, mais cedo ou mais tarde a conta chega para pagar.

Claro que nem todo arrependimento é o “fim do mundo”, como por exemplo você pode ter gastado bastante dinheiro em um celular ou roupa cara e ter se arrependido, pois poderia ter gasto esse dinheiro em algo mais útil. Isso não é um grande problema e não deve em hipótese alguma gerar um sentimento profundo de culpa.

Mas e se o arrependimento for por um erro muito mais grave?

  • Você deixou de ajudar alguém que era importante na sua vida, e depois carrega a culpa pela vida toda.
  • Ou passou a vida toda trabalhando em algo que não gostava, simplesmente por pressão dos familiares e sociedade, e depois de velho se arrependeu disso.
  • Ou viveu 30 anos em um casamento com alguma pessoa que não gostava tanto assim gerando grandes arrependimentos.

Pequenos arrependimentos são inevitáveis de acontecer, a não ser que você esteja encarnado em uma planta…

Mas sem dúvida os maiores arrependimentos são aqueles onde se percebe isso somente antes de morrer, após ter vivido 70, 80 ou até 90 anos tendo cometido erros graves.

Existe um vídeo muito interessante no YouTube que retrata exatamente isso, os maiores arrependimentos antes de morrer.

Aqui está o vídeo:

Esse vídeo é baseado no livro de uma enfermeira que passou muitos anos cuidando de pacientes em fase terminal, após muitos anos identificou 5 arrependimentos principais de seus pacientes:

  1. Gostariam de ter tido coragem de viver uma vida fiel a si mesmo, e não a vida que os outros esperavam deles.
  2. Ter trabalhado menos.
  3. Ter tido coragem para expressar seus sentimentos.
  4. Gostariam de ter mantido um maior contato com seus melhores amigos.
  5. Ter se preocupado menos com coisas materiais e ser mais feliz com menos.

Logicamente esses arrependimentos são baseados na experiência dessa enfermeira com seus pacientes e cada pessoa irá ter seus próprios arrependimentos.

Entretanto eu aposto com você que é bem comum encontrar pessoas mais velhas que irão ter esses 5 arrependimentos em comum.

E é por isso que cada pessoa deve viver sua vida baseada em escolhas inteligentes e não apenas puramente emocionais ou baseada em vícios.

Conselhos valiosos para viver uma vida sem arrependimentos

#1.  Sempre colhemos o que plantamos.

Acredite ou não a vida é igual à gravidade, você não escapa dela, não importa qual forem suas crenças. Você pode se jogar de um prédio de 20 andares e acreditar que nada vai acontecer, mas o resultado você deve saber…

Nossas escolhas são a mesma coisa. Nossas ações de hoje irão determinar nosso futuro nos próximos anos. Exemplo: você gasta cada centavo que ganha e pensa que depois de 20 anos vai ficar tudo bem? Uma hora a conta chega.

Isso vale para qualquer área da vida. O plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória. E não, isso não é só uma frase bonita.

#2. A vida é feita de escolhas

Essa segunda dica é uma continuação dessa de cima. Partindo do ponto que absolutamente sempre colhemos o que plantamos, faz todo sentido do mundo fazer as escolhas certas.

Raciocínio simples: se a vida é feita de escolhas, por que você vai escolher passar a vida toda se preocupando e gastando energia com assuntos, ideias ou discussões inúteis?

Você vai perder seu tempo discutindo sobre política ou tentando provar que a Terra não é plana?

Regra simples: faça boas escolhas sempre usando a razão e lógica, e evite investir tempo e energia em coisas onde você não tem controle ou não pode mudar nada.

#3. Não viva para impressionar os outros

Existem aquelas pessoas que vivem para impressionar os outros. Compram celular de 5 mil reais, roupas caras e carro financiado em 60x para demonstrar sua “superioridade” para pessoas que não gostam.

Não seja tolo para viver assim.

Isso também vale para quem tem qualquer tipo de atitude para impressionar os outros.

#4. Não deixe de fazer o que realmente gosta por medo de ser julgado pelas pessoas próximas

Até hoje, familiares e amigos me perguntam quando vou largar meu blog e arrumar um “emprego de verdade”. O curioso é que essas pessoas precisam trabalhar pelo menos 1 ano inteiro nos seus empregos de verdade para ganhar o que ganho com meu empreendimento digital em 1 mês.

Pode ser bonito na teoria viver para agradar os outros, mas um dia o arrependimento chega e você começa a pensar como foi idiota por pensar e viver dessa maneira.

#5. Não passe a vida toda cometendo os mesmos erros

Errar uma vez é humano, continuar errando duas ou três vezes e ainda esperar por resultados diferentes e melhores é insanidade.

A vida é feita de erros e acertos, o importante é que os erros venham sempre antes dos acertos.

Diz uma verdade universal que “o fracasso é o combustível do sucesso”. Isso é verdade se você quer criar um negócio de sucesso, ficar rico ou ser bem-sucedido em alguma área de sua vida.

Logicamente passar 10 anos ou mais cometendo o mesmo erro se torna o combustível do fracasso.

Considerações Finais

A não ser que exista reencarnação, só se vive uma vez e é responsabilidade de cada um viver da melhor forma possível com o mínimo de arrependimentos.

Porém é claro que isso não é uma coisa fácil de se fazer, na maioria dos casos, infelizmente se tornando impossível não errar na vida e ter arrependimentos.

Lembre-se sempre que a vida é feita de escolhas, então tome decisões na sua vida que não irão gerar grandes arrependimentos.