Circuit Breaker: O que é esse Mecanismo da Bolsa de Valores

Circuit Breaker: Descubra o que é e como isso impacta seus investimentos.

Se você já é um investidor da bolsa de valores, provavelmente já ouviu falar ou até mesmo já vivenciou na prática um Circuit Breaker, mas o que de fato significa esse termo da língua inglesa?

Nesse artigo você vai descobrir o que é um Circuit Breaker, quando é acionado e como você deve agir nessa situação.

O que é um Circuit Breaker?

O ano de 2020 vai ficar na história por causa da pandemia e se você já tinha começada sua jornada de investidor na B3 (nossa bolsa de valores), então você deve ter presenciado ao vivo ocorrerem os famosos e raros “Circuit Breakers“.

Mas o que significa um “Circuit Breaker”?

Essa expressão foi criada para nomear um mecanismo que é acionado quando acontece uma forte queda na bolsa de valores em um período de tempo muito curto.

Esse mecanismo tem o objetivo único de “travar” temporariamente as negociações da bolsa de valores em momentos críticos de pânico, incertezas e muita volatilidade.

Isso significa que pelo menos na teoria o Circuit Breaker tem a função final de proteger os investidores (ou especuladores) de perdas muito expressivas na bolsa de valores.

Praticamente um Circuit Breaker só acontece em momentos de “pânico” na bolsa de valores onde algum evento inesperado aconteceu.

Aqui no Brasil podemos citar dois acontecimentos em que o Circuit Breaker foi acionado recentemente:

  • A delação da JBS (o famoso Joesley day) que aconteceu no dia 17 de maio de 2017.
  • Março de 2020 com o eminente lockdown por causa da pandemia.

Aqui no Brasil esse mecanismo foi criado em 1997 e no total já foi acionado 18 vezes em toda história da bolsa de valores.

As regras do Circuit Breaker

Existem 3 níveis dentro do Circuit Breaker que são classificados conforme o nível de oscilação da bolsa de valores em um curto período de tempo:

  • Nível 1: acontece se o índice Ibovespa cair ou subir mais de 10% em relação ao fechamento do dia anterior, nesse caso as negociações da bolsa de valores são interrompidas durante 30 minutos.
  • Nível 2: depois da queda de 10%, se o índice continuar no mesmo movimento com queda ou alta de 15% as negociações são interrompidas por mais 1 hora.
  • Nível 3: já nesse nível se o movimento de queda ou alta não mudar e o acumulado chegar em 20%, então os negócios são interrompidos e só voltam quando houver estabilização no índice Bovespa.

Você deve se preocupar com Circuit Breakers?

Você possui uma quantidade alta de dinheiro investido e literalmente da noite para o dia se depara com uma queda de 30% no valor total de seus investimentos na bolsa de valores, isso por si só, já seria motivo para muitos investidores entrarem em depressão.

Porém como a história da bolsa de valores já provou, quedas ou altas muito fortes que acontecem da noite para o dia, não passam de um grande movimento de especulação pelos grandes investidores da bolsa de valores, e praticamente sempre acontece uma correção da queda ou alta nas próximas semanas ou meses.

Como por exemplo aconteceu aqui no Brasil entre março e abril de 2020, o investidor da bolsa de valores viu se patrimônio facilmente cair 30% ou até mais de 40% de um dia para o outro.

Porém os investidores de longo prazo, viram suas ações voltarem próximo ao patamar pré-pandemia poucos meses após os inúmeros Circuit Breakers.

Não perca tempo e energia olhando a cotação de suas ações

Ao investir em ativos na bolsa de valores (B3), é importante sim olhar os valores na hora de realizar a ordem de compra de suas ações ou fundos imobiliários, porém algo que é essencial, mas que muitos investidores erram, é ficar todo dia olhando a cotação de suas ações, se estão subindo ou descendo.

Como diz uma frase famosa:

Renda variável varia para cima ou para baixo.

Sem dúvidas a melhor estratégia para ganhar na bolsa é aquela focada no longo prazo e nos proventos gerados, você jamais vai conseguir comprar ativos no fundo, e muito menos prever o próximo Circuit Breaker.

Você quer ficar rico na bolsa de valores?

Então estude ou crie um negócio lucrativo para aumentar seus aportes e invista em empresas sólidas que paguem bons dividendos, sempre pensando nos ganhos no longo prazo.