Como Trabalhar de Assistente Virtual e Faturar +R$2.000/mês

Com o grande aumento e popularidade da internet, muitas oportunidades e profissões inimagináveis surgiram, sendo possível trabalhar de casa para outras empresas e ganhar dinheiro.

Também pelo fato de passarmos constantemente por crises, muitos empresários, tanto de pequenas como grandes empresas preferem contratar pessoas para fazerem certos trabalhos a distância – de modo a cortar custos com vínculos empregatícios.

Desse modo trabalhar a distância pela internet, tem se tornado algo cada vez mais popular, e uma dessas profissões que estão em alta é a de Assistente Virtual.

Nesse artigo irei explicar o que é e como se tornar um Assistente Virtual de sucesso além de como facilmente encontrar empresas contratando assistente virtual com uma remuneração alta.

O que é um Assistente Virtual?

Assistente virtual é um profissional autônomo (pessoa que trabalha por conta própria) que executa os mais diversos tipos de serviços de assistência de modo remoto, através de home office, ou seja trabalhando em casa.

Quais são os tipos mais comuns de tarefas de um Assistente Virtual?

Na maioria absoluta dos casos um Assistente Virtual é contratado para desempenhar tarefas simples ou repetitivas, mas que devem ser executadas por humanos.

Entre essas tarefas, podemos citar:

  • Assistência técnica ou administrativa: como por exemplo responder a e-mails de clientes, prestar suporte, organizar tarefas ou planilhas, fazer cálculos relacionados a finanças, etc.
  • Secretária: você pode atuar como uma secretária(o) porém no ambiente virtual, agendando consultas, contactando clientes, ajudando na parte mais básica de vendas de uma empresa, etc.
  • Suporte ao cliente: você pode atuar na parte de suporte nas mais diversas áreas, orientando e respondendo a duvidas de clientes.
  • Muitas outras áreas de atuação: um assistente virtual também pode ser o “faz tudo”, como por exemplo uma pessoa que cria e faz o gerenciamento de sites, projetos, tradução de textos, dublagem de vídeos, programador, etc.

Para você entender, de um modo mais resumido, um assistente virtual na maioria dos casos é um profissional que executa tarefas mais simples e monótonas, mas também pode ser aquela pessoa que faz serviços mais complexos e especializados como programador, editor de imagens ou vídeos, etc.

Aqui no Brasil, se tornar um assistente virtual ainda é uma profissão pouco conhecida, porém com as atuais e intermináveis crises onde empreendedores se vem obrigados a cortar custos, essa é uma atividade que gradualmente vem se tornando mais popular.

Como se tornar um Assistente Virtual de sucesso

Assim como toda profissão, para você trabalhar como assistente virtual e para ser muito bem pago, você irá precisar de conhecimento e alguma habilidade de valor.

Com certeza você pode trabalhar como assistente virtual fazendo atividades simples como responder a e-mails ou prestar suporte a clientes, entretanto nesses casos seus ganhos serão muito baixos, algo em torno de um salário mínimo ou menos com uma carga horária de 20 a 40 horas semanais.

Você deseja ganhar bastante dinheiro se tornando um Assistente Virtual?

Então, estude. E quando falo para estudar, não estou dizendo para correr na faculdade mais próxima ou pagar por um curso caro, mas sim para aprender novas habilidades estudando pela internet mesmo.

Você pode até não acreditar, mas é possível aprender uma enorme variedade de habilidades estudando em casa pela internet, com um custo quase zero.

Entre as habilidades que você pode aprender em casa pela internet sem nenhum investimento, podemos citar:

  • Aprender novos idiomas
  • Editar imagens e vídeos
  • Aprender SEO (como aparecer nos resultados de busca do Google)
  • Escrever artigos para blogs ou sites em geral
  • Aprender a trabalhar com redes sociais como Instagram ou Facebook.
  • E mais uma infinidade de serviços que nem eu mesmo imagino.

Resumindo: quanto mais conhecimento você tiver, e mais dominar uma habilidade complexa, maiores serão suas chances de se tornar um Assistente Virtual de sucesso que seja muito bem remunerado.

Empresas que contratam para trabalhar de Assistente Virtual

O número de empresas contratando pessoas para trabalhar em casa como assistente virtual ainda é muito pequeno no Brasil, mas felizmente é um número que vem gradualmente crescendo.

Geralmente para ser contratado por uma empresa de médio ou grande porte, você deve ficar de olho em sites de empregos como os da lista a seguir:

Ter a sorte de achar uma vaga de assistente virtual, é algo demorado e diria que na maioria dos casos nem vale tanto a pena o esforço.

Outro método mais rápido para se tornar assistente virtual é você trabalhar de modo autônomo sem vínculo direto com empresas. Se por um lado você não terá trabalho todo dia e de forma consiste, por outro lado você pode se especializar e cobrar mais por seus serviços.

Então onde você pode achar trabalhos de assistente virtual de forma rápida?

Em sites de Freelancer como os da lista abaixo:

Existem muitos outros sites para Freelancer, porém recomendo criar uma conta apenas nesses quatro sites e começar a vendar suas habilidades de assistente virtual.

Quanto ganha um Assistente Virtual?

Com certeza, essa é a pergunta mais interessante.

Primeiro tenha em mente que em 90% das situações um Assistente Virtual não vai ser contratado para trabalhar de carteia assinada com salário fixo e garantido.

Então como são definidos os ganhos de um Assistente Virtual?

Praticamente em todos os casos um Assistente Virtual cobra um valor definido por hora de trabalho ou por tarefa completada.

Como exemplo você pode cobrar R$15 por hora como tradutor textos ou R$500 por um projeto inteiro (exemplo traduzir 30 páginas de textos para outro idioma).

Geralmente trabalhando como assistente virtual, é possível esperar receber uma média de R$700 até R$4.000 reais por mês, entretanto sendo impossível prever um valor exato.

Vale a pena fazer cursos para Assistente Virtual?

Existem cursos sendo vendidos para pessoas que desejam trabalhar como assistente virtual.

Vale a pena investir tempo e dinheiro nesses cursos?

Como falei anteriormente, para se tornar um assistente virtual de sucesso, o mais importante é possuir habilidades de grande valor. Então o tipo ideal de curso que vale a pena, são aqueles que irão ensinar você alguma habilidade nova.

Considerações Finais

Trabalhar como assistente virtual pode sim ser muito lucrativo, porém isso somente vai acontecer para pessoas que possuem alguma habilidade de grande valor como falar outros idiomas, programação ou algo mais complexo.

Para a grande maioria das pessoas existem opções mais lucrativas para ganhar dinheiro na internet, onde o investimento inicial é muito baixo e as possibilidades de ganhar muito dinheiro são relativamente altas.